domingo, 1 de julho de 2007

Cotas na UFRGS

Esse debate sobre cotas nas Universidades é muito mal conduzido. Onde já se viu tu segregar tons de pele e usar como critério de aprovação? Sou contra as cotas Raciais. Porque o desempenho de brancos, negros, amarelos, índios é muito semelhante. Isso se todos saíssem de instituições de ensino médio e fundamental com os mesmos padrões, claro.
É isso o que ninguém entende, de fato. Temos escolas públicas e particulares. Nas instituições públicas há uma estrutura limitada. Os professores não são bem pagos. Não têm motivação, salvo os apaixonados. Nas particulares a carga horária é maior. Os alunos não tem tantas peocupações na vida, tais como desemprego, aluguel e etc. A estrutura física e docente é tão excelente quanto as condições de vida dos alunos. Isso deveria ser segregado. Mas infelizmente. Não que a classe alta tenha culpa e não possa dispor de vagas na Universidade Pública. Pense... Se as classes baixas(Notem que vejo uma só elite e vários níveis para baixo. Só pra me gabar.. =D) já não tiveram condições de dar um ensino de qualidade, o pago, aos seus filhos no colégio, teriam agora para o ensino superior?
As cotas Sociais são a solução. Façam-na proporcional aos inscritos no vestibular. Exemplo: Temos 100 inscritos. 80 do ensino público e 20 de paticulares. Pronto! 80% de vagas aos alunos do ensino público. Não acho injusto. Se existem níveis de ensino, e existem, o certo é usar desse critério para que o acesso a faculdade não seja tão sacrificante aos menos favorecidos, infeliz denominação para a atual classe média desse país.

3 comentários:

Marcelo disse...

pois eh cara... bem nessas... e outra, cara, se o governo investisse mais em ensino funcamental e médio teria muito mais retorno... pagando melhor os professores desses ensinos e investindo na infraestrutura das escolas publicas!
Pq tipo, o que que adianta construir mais andares num prédio se o alicerce eh fraco????

guilherme disse...

falou bonito, Ramirinho.. hehehehe.

e tu tem razão, concordo muito contigo. essa história de cotas é uma VERGONHA.

uma apologia ao racismo.

Abrss

GAbiRu disse...

por mais que seja óbvia essa comparação que tu fazes, muita gente pró-cotas acha que quem discorda é, praticamente, nazi. E, no entanto, o teor da diferenciação basear-se na cor da pele é algo totalmente ultrapassado.